AstrologiaNodos lunares

Vivenciamos agora um mudança astrológica importante: o eixo nodal sai de Câncer/Capricórnio e passa a atuar em Gêmeos/Sagitário.

Nos próximos 18 meses, com o nodo norte em Gêmeos o que deve nos nortear é a valorização do que e de quem está próximo de nós, do contato (mesmo que ainda sob restrições) com o entorno, com as vizinhanças, com os irmãos de sangue e de Alma.

É a valorização do que podemos aprender no aqui e agora, nas experiências práticas do cotidiano, na busca de maior coerência nas informações, para agir com mais sabedoria.

Há muito a aprender e a partilhar.

O fato do nodo sul estar em Sagitário nos mostra que velhos dogmas, conceitos, teorias e ideologias vão perdendo o sentido.
A verdadeira sabedoria é a praticada e não teorizada.

Este posicionamento também simboliza as restrições às viagens longas, às grandes distâncias (o que podemos perceber na crise aérea e do turismo) e uma necessária mudança no ensino e na busca e transmissão do saber.

Haverá uma maior valorização dos pequenos deslocamentos (quando possível), do que temos a mão a cada momento, do que está no nosso entorno.

A viagem é para dentro, flexibilizando pensamentos e atitudes.


Nodos lunares

INSTAGRAM

Nodos lunares

Em sintonia com o Universo