AstrologiaReconstrução

Estás – ou a vida está por ti – ceifando.
Há muito poder no corte.
Pensas que é indesejada sorte, mas é a morte do que já foi, é o norte do que virá.
Revirará todos os avessos para um novo recomeço.
As antigas estruturas colapsam agora num lapso menor de tempo.
Pois chegou o tempo em que não se pode mais adiar a conscientização e a transformação.

Não mais te demores em enxergar o que antes não querias ver.
Perceba tuas limitações e medos, que levam à repetição de padrões e a atitudes defensivas.
Constata tua rigidez, o que te inibe e enrijece.
Conscientiza-te do que abala tuas feridas e estruturas.
Não é opondo resistência que as coisas se resolvem.
Desenvolva mais autonomia.
Retidão é ser flexível.
As defesas que construíste se tornam muros que separam e isolam.

A quem ou a que entregas a autoridade sobre a tua vida?
Pare de atribuir responsabilidades que te cabem.
Assuma o teu poder.
Diga não sempre que necessário, definindo limites claros e saudáveis.
Dizer não é que possibilita o sim a quem realmente és.

Tenha o teu tempo. Tome teu tempo. É tudo o que tens.
Não mais protele. Mas não atropele.

Se os planos que antes te davam abrigo já não são sólidos, é para que redescubras o teu viver e compreendas que um antigo sistema está a ruir.
Não rui somente em ti; faz ruído coletivo.
Velhas estruturas não mais estruturam.
Mas tens tudo nas mãos para a tua reconstrução.
Eis a questão…


Reconstrução

INSTAGRAM

Reconstrução

Em sintonia com o Universo